Curta-metragem da semana: 2 + 2 = 5

Com o Brasil metido neste turbilhão, há gente que pede a volta dos militares, dizendo não acreditar mais na democracia.

Mas democracia é isto, é turbilhão, é confusão, são confrontos, por que só se avança com lutas. Então o Palma publica hoje um curta-metragem forte, como os tempos em que vivemos, que serve como alerta, pois o totalitarismo é igual à morte, e a liberdade dá trabalho sim, mas só há vida com liberdade, e, principalmente, com divergência.

Este belo curta é do Babak Anvari, jovem cineasta iraniano radicado em Londres, produzido em 2011. Curtam!

 

Share This:

- Advertisement -

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here